sexta-feira, 17 de abril de 2009

O Anel de Tucum



Muitas pessoas perguntam qual é o significado deste anel preto, utilizados pelos adeptos da Teologia da Libertação, e por integrantes das PJ.

Algumas pessoas, o utilizam apenas pelo visual, sem conhecer ou se importar com o seu real significado.

Para nós, adeptos dos movimentos eclesiais de base, admiradores dos ideais da Teologia da Libertação, engajados em movimentos sociais e integrantes das Pastorais da Juventude, este anel significa o compromisso com as causas descritas no trecho abaixo por Dom Pedro Casaldáliga.

"(...) Este anel é feito a partir de uma palmeira da Amazônia. É sinal da aliança com a causa indígena e com as causas populares. Quem carrega esse anel significa que assumiu essas causas e as suas conseqwências. Você toparia usar o anel? Olha, isso compromete, viu? Muitos, por causa deste compromisso foram até a morte (...)".

Para quem quiser, ouvir o próprio Pedro Casaldáliga falandosobre o anel, pode conferir no video abaixo, retirado do filme chamado "O Anel de Tucum".



6 comentários:

Miss Jay disse...

Oi André! Quanto teeempo
viu, te indiquei pra um selo que eu fiz..
passa la no infinito pra pegar!
Beijooos

cunhabom disse...

tem um selo pra vc no meu blog

Éverton Vidal disse...

Eu também uso!

Taís Silva Oliveira disse...

Realmente comprometer-se com as ideologias desta símbolo é algo é serio!!! Além de ser algo que faça permanecer a cultura popular!! Que ele não seja apenas modismo mas compromisso verdadeiro!! \0

gislaine disse...

Olá, André!
O ano passado fizemos em nossa comunidade, uma celebração no dia do catequista, com todos os catequistas e outras lideranças, onde vimos o filme do Anel de Tucum e reforçamos nosso compromisso em não esquecer nossos ideiais cristãos de lutar por causas populares ao lado de nossos irmãos que a sociedade geralmente "esquece".
Axé!

berto disse...

Olá André! Muito massa. Mas esse simbolo compromete mesmo. Sou um jovem da PJMP e tenho esse simbolo como compromisso assumido com o Evangelho de Cristo Libertador.
Axé!